sopa2Aproveitando um pouco da idéia do post anterior (sobre melhoria de processos), comecei a analisar a “sopa de letrinhas” relacionada a este tema.  Esta sopa de letras inclui algumas das metodologias e técnicas que visam garantir eficiência e qualidade dos projetos com que tenho trabalhado nos últimos anos no ambiente de Desenvolvimento de Software para Telecomunicações.

Dentre elas, selecionei uma pequena amostra, as minhas Top 3, que são: PMBoK®, Scrum (Agile) e CMMi®.

  • O PMBoK® (Project Management Book of Knowledge), do PMI® (Project Management Institute), tem uma posição de destaque na lista por ser considerado um guia de referência em gerenciamento de projetos. Nele, existem vários grupos de processo e áreas de conhecimento (com entradas e saídas bem definidas) que auxiliam na condução do projeto.
  • Seguindo minha lista temos o SCRUM, que não descreve um processo ou técnica, mas uma metodologia de trabalho que na qual você pode empregar vários processos e técnicas no desenvolvimento. Este é voltado principalmente para atividades de  gerenciamento (monitoramento e controle) e incentiva a criação de uma estrutura dinâmica de desenvolvimento que regularmente faz entregas de partes do produto.
  • E então, o CMMi® (Capability Maturity Model Integration), que é um modelo de melhoria que visa proporcionar às organizações elementos necessários (ou essenciais) para a maturidade em disciplinas (Áreas de Processo) relacionadas a melhoria da performance organizacional. Com CMMi® procura-se estabeler, documentar, institucionalizar e aprimorar um processo eficaz de desenvolvimento de software.

 O desafio

Informações sobre estes três elementos podem facilmente ser encontradas na internet e em livros de referência, entretanto, transformar toda esta Informação em Conhecimento exige bastante estudo, dedicação e, principalmente, experiência prática.

Olhando para o grande volume de informações disponíveis, creio que alguns questionamentos sejam bastante comuns:

  • Por onde começar?
  • Qual metodologia, técnica ou prática se adequa melhor aos requisitos e características do meu projeto? 

A prática

As respostas a estas questões não são triviais e requerem, além do entendimento das metodologias, um conhecimento mais profundo do tipo de projeto onde se deseja aplicá-las. Assim, para entender este universo e produzir bons resultados, pode-se desenvolver algumas atividades:

– Analisar o seu processo de desenvolvimento

– Identificar os pontos principais (eg. documentação, qualidade, ‘burocracia’, etc.)

– Determinar os tipos de controles necessários (eg. custos, esforço, estimativas, etc.)

– Avaliar os aspectos característicos de cada metodologia

– Selecionar os mais aderentes às suas necessidades

– Praticar, Otimizar e Melhorar = Inovar.

 Afinal de contas, não existe a metodologia perfeita, e sim, a metodologia mais adequada a realidade da sua organização e dos tipos de projetos que ela desenvolve.

Abraço, Giovani Faria

Anúncios