Ler livros sobre gerenciamento normalmente são um porre, principalmente quando se procura algo que não seja teoria pura e sim o “pulo do gato”. Nesse meio o pulo do gato vale mais do que o próprio gato!

Outro dia me deparei com um desses, fato raro e valeu algumas anotações que gostaria de compartilhar com os amigos do blog.

Gostei do livro porque ele não é um livro de administração clássico: com teoria e com regras de como se deve fazer ou não… Ao contrário, ele narra o cotidiano de um gerente de projetos que tem o perfil que todos gostariam de ter sendo gerentes de projetos. Nele, me lembro que são expostos detalhes que separam evidentemente um idiota e um gerente funcional sem apontar o dedo pro idiota, nem lançar pétalas de rosa no caminho dos funcionais.

Não vou explicar o que cada um dos segredos trás na sua semiótica, a interpretação deixo a critério das sinapses de cada um.

Primeiro Segredo

Grandes gerentes trabalham primeiramente com o contato direto, e em particular, atrás da cortina do palco, nos bastidores. Não é o artista principal, mas cria maneiras para que os artistas principais o sejam.

Grandes Gerentes

  • Desenvolvem as relações interpessoais de seu grupo;
  • Criam um ambiente de trabalho propício para a realização do projeto;
  • Constroem a confiança.

Desenvolvimento de Relações Interpessoais

  • Aprenda que seu time é formado por seres humanos;
  • Forneça feedback efetivo;
  • Auxilie na melhora da performance;
  • Delegue a capacidade de construir ao time.

Criação de um Ambiente de Trabalho

  • Gerencie seu portfólio de projetos;
  • Conheça sua missão, visão e reconhece seus valores;
  • Capitalize estrategicamente os trabalhos importantes;
  • Saiba quando e como dizer “não”.

Foco nas Mudanças e Feedback

  • Crie situações de feedbacks espontâneos;
  • Descreva o ambiente ou resultados de maneira que todos possam ouvir;
  • Use a primeira pessoa do singular para ações não somente relacionadas as conquistas;
  • Incentive mudanças que impactem de maneira positiva ao grupo e gerem benefícios ao projeto;

Trabalhe pensando na organização

  • Use das negociações para realizar o trabalho da melhor maneira possível dentro da organização;
  • Trabalhe junto com outros gerentes;
  • Não crie rivais e sim parceiros.

Use a melhor ferramenta de gestão de projetos

  • Comunique de forma clara e objetiva;
  • Faça acordos sobre objetivos e expectativas.

Reunião como ferramenta produtiva

  • Incentive a presença dos membros do seu time;
  • Informe sobre os acontecimentos relacionados ao projeto;
  • Seja informado do status das atividades em andamento;
  • Pergunte sobre os obstáculos;
  • Questione sobre necessidade de ajuda;
  • Pense no desenvolvimento da carreira dos membros do projeto;
  • Incentive outros tópicos que o time deseje compartilhar;
  • Revise as ações tomadas e as que deverão ser tomadas;
  • Agradeça a presença dos membros do seu time;

Aprenda sobre você mesmo

  • O que me trouxe até aqui?
  • O que preciso para me manter aqui?
  • E o meu feedback?

Crie confiança

  • Aplique as práticas gerenciais consistentemente;
  • Incentive a criatividade;
  • Elogie iniciativas do novo, mesmo que as mesmas não sejam satisfatoriamente um sucesso;
  • Alerte sobre erros reincidentes.

Devem estar pensando, qual o nome desse livro?? Livros bons pra mim marcam pelo conteúdo, não pelo nome da capa!

Saudações, Marcelo

Anúncios