Gosto de paralelismos, mesmo aqueles não tão diretos… Talvez esse post tenha muito desse paralelismo pouco direto, mas o que vale é a troca de experiências e nesse ponto acho que vale tal comparação.

Nessa semana muito tem se falado da demissão do técnico do Atlético Mineiro, Vanderlei Luxemburgo, ou como diriam Professor Luxemburgo. Motivos foram tantos quantos o futebol comumente dá: falta de resultados!

Mas onde está o paralelismo?
Luxemburgo foi contratado pelo Atlético para conduzir um projeto de dois anos, mas nove meses depois foi demitido pois não conseguiu alcançar resultados esperados (ou prometidos).

O que deu de errado?
A imprensa esportiva, como de costume, tentou entender o que deu de errado com o treinador, acostumado a títulos e considerado por muitos um estrategista na tática futebolesca, ter resultados tão pífios. Numa dessas análises uma frase sobressaiu as outras… “Faltou o Luxa respirar o projeto.”

Respirar o Projeto
Gerenciar projetos, sejam eles quais forem, necessitam de dedicação. O time de projetos precisar respirar o projeto, estar focado o tempo todo nos objetivos do mesmo.

Perda da Produtividade e Sinergia
Um dos problemas enfrentados pelo Professor Luxemburgo e por muitos times de projeto é estar focado em mais do que um objetivo e essa alternância de contexto (entre um projeto e outro) reduz bastante a produtividade do time de projetos. Esse processo de alternância entre projetos não é instantâneo, é necessário uma “desintoxicação” do projeto antigo e uma “reabsorção do novo projeto”, e isso leva tempo.
A perda da sinergia acontece quando os membros do time são alocados em projetos diferentes e por mais organizado que essa divisão de tempo possa parecer sempre haverá favorecimento entre um projeto em detrimento do outro.

O Efeito Luxemburgo está presente em muitos escritórios de projetos, e muitas vezes suas causas são vistas até como boas práticas e confundidas com flexibilidade e comprometimento em estar “jogando em dois times diferentes”. Flexibilidade e comprometimento são boas práticas associadas ao foco irrestrito nos objetivos de projeto, caso contrário a velha máxima do futebol é valida: falta de resultados.

@marcelocamera

Anúncios