A técnica de Mind Mapping é usada primordialmente para representar ideias, conceitos, tarefas ou qualquer outra entidade onde uma representação visual e ramificada parte de uma ideia central. Em outras palavras, esta técnica nada mais é do que um método gráfico de se tomar notas.

O Mind Mapping é usado em diferentes áreas do conhecimento humano, e na disciplina de Gerenciamento de Projetos não poderia ser diferente. O Guia PMBOK® (4ª Edição) lista o Mind Mapping como uma ferramenta do processo Coletar os Requisitos (Gerenciamento do Escopo), e é categorizado como parte das Técnicas de Criatividade em grupo.

Valendo-se do potencial do Mind Mapping em representar conceitos e idéias, por que não utilizá-lo para entendermos os conceitos apresentados no próprio PMBOK®?

Partindo-se deste proposta, e também baseando-se num post anterior neste blog com objetivo semelhante, o autor usou esta poderosa técnica para organizar, em grupos de Processos, os 42 processos listados no PMBOK® (4ª Edição) baseando-se também em conceitos listados no livro “Preparatório para o Exame PMP ®”, 6ª Edição, da RMC Publications.

Abaixo, os Mapas Mentais dos cinco Grupos de Processos:

Iniciação

Planejamento

Execução

Monitoramento e Controle

Encerramento

Para acessar os arquivos Freemind de cada um dos Grupos de Processos:

Matheus Reis, PMP – Experienced Project Management Professional with 11 years experience in multi-national companies, having worked in different types of organization and in different areas (Regional Project Office, Global Services, R&D Centre, Warranty Office).  Broad range of national and international experience managing and deploying successful projects.

Anúncios