Clovis Bergamo, da Six Sigma Brasil, afirma que “80% dos projetos estratégicos não chegam ao final dentro dos prazos e custos estabelecidos”

Com a evolução no modelo administrativo das corporações brasileiras, em que o processo de gestão passa a ser baseada em metodologias claras e efetivas, a Six Sigma Brasil traz para o mercado e para os profissionais das empresas diversas formas de capacitação e fomento dos conhecimentos e experiências focadas em Gestão de Projetos, Processos, Qualidade e Excelência Operacional.

“Além de ter capacitação e treinamento, o profissional responsável pela liderança dos projetos tem que ter uma visão integrada da empresa, pois muitas vezes os resultados só aparecem quando o trabalho é focado na cadeia de valor. Trata-se de uma exigência alta, pois a grande maioria dos profissionais do mercado está imersa em um contexto departamental que muitas vezes impede uma visão integrada e abrangente da cadeia de valor estendida”, comenta Clovis Bergamo, presidente da Six Sigma Brasil.

Ao analisar o cenário atual das empresas, Bergamo comenta que a organização vem sendo tratada de uma forma muito fragmentada e setorial. Isso faz com que os profissionais encontrem dificuldades em obter referências para análises e comparações. “Se uma empresa gera no seu plano estratégico de 10 a 20 projetos-chave responsáveis por uma expectativa de salto de rentabilidade da organização e estes não chegam ao fim conforme previsto, estará perdendo dinheiro e mercado, o que é muito crítico. Por isso, é importante que os profissionais que tocam os projetos tenham conhecimento e estejam ligados de uma forma integrada aos outros projetos e processos da empresa”.

Clovis conta que, com a utilização de metodologias sistêmicas como Lean Six Sigma e PMBOK e a criação formal do escritório de projeto dentro as organizações, a dificuldade pode ser tratada. “É muito importante que as empresas tenham à frente dos projetos pessoas experientes e certificadas. A utilização de metodologias possibilita um monitoramento sistêmico e eficaz da condução dos projetos. Todas as metodologias se complementam e devem ser vistas como uma caixa de ferramentas, a serem utilizadas conforme a necessidade do negócio. Por isso é tão importante ter conhecimentos nestes segmentos”, complementa ele.

Ao observar o mercado, Bergamo traz, por meio da empresa Six Sigma Brasil, o Portal e Congresso Internacional, a oportunidade para que empresas e profissionais tenham mais contato com as tendências e cases que acontecem em seu segmento de atuação. “Para serem competitivos, é importante que os profissionais e empresas façam uma reciclagem constante e efetiva. O nosso papel é facilitar isso”, finaliza.

Para saber mais sobre o portal da empresa, acesse: http://www.leansixsigma.com.br


Mais informações:
Clovis Bergamo, presidente da Six Sigma Brasil – clovis.bergamo@leansixsigma.com.br

Anúncios