Temos a esperança, ambição ou ilusão, de que as coisas aconteçam rapidamente em nossas vidas (pessoal ou profissionalmente). O dinamismo do mundo pode, por vezes, nos impelir rumo a uma necessidade constante de mudanças e, principalmente, de realizações.

mih2

Resultados maiores, melhores e mais rápidos são normalmente acompanhados de reconhecimento e glória. Mas, frases como “There is no free Money”, “no Money…no funny”, “nada acontece por acaso”, entre tantas outras refletem uma realidade, a de que, diferente dos eventos da natureza – que embora sejam impulsionados por forças que às vezes não compreendemos facilmente, nem mesmo com as melhores aulas dos professores de física explicando a gravitação dos planetas – realizações precisam de muito empenho e de grande esforço.

subida

Então, conforme-se (mas não se acomode), nada acontece de repente. Resultados de hoje foram plantados ontem. E pequenas ou grandes mudanças amanhã precisam de dedicação e energia hoje.

Planejar é importante, mas, tornar planos em ação, e conseguir que as ações tragam resultados, é o que vai transformar suas aspirações, seu planejamento estratégico, etc., em realidade.

Para explicar através de um exemplo vou usar a trajetória de um amigo, o Eli Rodrigues que hoje é “Diretor de Operações na Tap Mobile” & “Autor do Livro Os 21 Erros Clássicos da Gestão de Projetos” & “Sócio na Dinamus Treinamentos” & “Blogueiro no blog Gestão de Projetos na Prática” & que agora conta com o suporte de um aplicativo (link) para difundir sua experiência & “que potencialmente já tem mais uns 2..3…10 novos projetos em mente esperando a vez (e a capacidade de por energia neles) para serem executados”.

Listar sucessos é fácil e agradável, mas posso dizer com conhecimento de causa, que não aconteceu de repente (e nem por acaso). Desde que o conheci esse ‘homem da floresta’ em 2008, vindo de Manaus, até agora, pude acompanhar os altos e baixos e os erros e acertos desse camarada. Mas, mesmo quando as perspectivas não pareciam ajudar, havia sempre uma necessidade, uma vontade, uma motivação, e grande desejo de alcançar algo mais e de se superar. Como ele era, já virou história. O que ele é, presente. E onde vai chegar, é futuro.

A lista de acertos acima é grande e mostra o que vontade, aliada com capacidade e temperada com experiência podem produzir ao longo do tempo (bem muito precioso e finito).

Desse exemplo, o que pude observar e aprender é:

Motive-se: As adversidades não podem, e nem devem, minar sua vontade de realizar.

Planeje e realize: Defina (ainda que minimamente) seus planos, objetivos, onde se quer ir, onde se quer chegar e, principalmente, com se vai chegar lá.

Não deu certo, tente outra vez: Acertar da primeira vez é benefícios para poucos (talvez…. os chamados ‘sortudos’).

Capacite-se: A solução de um problema, a habilidade para resolvê-lo, ou a inspiração para percorrer caminhos diferentes podem vir de lugares e experiências inusitados.

Adapte-se: O mundo muda, as coisas mudam, as pessoas mudam. E você, não pode ficar de fora disso. Tudo muda o tempo todo e, como diria Darwin “.. os mais adaptados sobrevivem…”.

Aconselhe-se: conselhos não são simplesmente para ser seguidos (cegamente). São dados para sejam ouvidos, interpretados, adaptados e executados da forma que achar melhor.

Então, o que está esperando para começar seu plano de plantar uma árvore, escrever um livro, ter filhos, fundar uma corporação global, mudar a sociedade,…… !?

Sonhe…plante…colha.

Giovani Faria

Anúncios